14.3.11

- És um zero.
Não foi ter-me dito isto que fez dela uma puta, muito pelo contrário: És um zero era tudo o que eu queria ouvir, letra a letra. Também não foi por ser um cretino que a única resposta possível teria de ser - Tu é que és. Afinal, talvez o zero a denominador não faça o universo implodir, ou outras catástrofes semelhantes. E ainda que faça...

1 Comentários:

Blogger Menina Limão disse...

Ó Pascoal, já escrevias mais umas postas!

2 de abril de 2011 às 22:28  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial